Posts Tagged ‘“Dança das Cadeiras”’

CAMPEONATO ESTADUAL DE INVERNO INFANTIL À SENIOR 2013

6

Meus Golfinhos e Minhas Borboletas,

Sexta e sábado passado, 19 e 20 de julho, na piscina de 50 metros do Grêmio Náutico União, na capital dos gaúchos, ocorreu o Campeonato Estadual de Inverno de natação.

Além do clube que sediou o evento, a Sociedade Ginástica de Novo Hamburgo, o clube Brilhante (Pelotas/ RS), o Grêmio Náutico Gaúcho (Porto Alegre/ RS), a Associação Leopoldina Juvenil (Porto Alegre/ RS), o Clube Caixeiros Viajantes (Porto Alegre/ RS), o Centro Aquático Patchi-Patchi (Vacaria/ RS), a Associação Serrana de Desportos Aquáticos (Caxias do Sul/ RS) e o Clube Esportivo Recreativo Atlântico (Erechim/ RS) reuniram 155 atletas na disputa do torneio.

Apenas para dar uma noção do que foi o evento, realizado em dois dos dias mais frios do ano, mostro, abaixo, uma visão dos 800m Livres feminino.

 

Observem os abrigos usados pelos treinadores encostados na grade. Não é brincadeira – o frio era intenso! Precisei de três cappuccinos para sobreviver enquanto fazia as fotos!

 

Abaixo, apresento o trio vencedor dos 100m Livres. Da direita para a esquerda: 1º) André Pereira; 2º) Guilherme Roth; e 3º) Ken Sorgi – os três, do Grêmio Náutico União, com tempos na casa dos 50”! Vejam os tempos no site da Federação Gaúcha de Desportos Aquáticos (FGDA): http://www.fgda.com.br/site/

Vejam o vídeo da aula de 100m Livres ministrada pelo Professor Ken. Ele está na raia 7 e chega quase meia piscina na frente do 2º colocado! A trilha sonora é “Viva La Vida” executada pelo pianista Gláucio Christelo.

Esse campeonato, para mim, foi uma verdadeira benção! E não pensem que venci alguma prova, pois sequer tenho condições de subir no bloco junto com essas feras. No entanto, considerei um presente divino a oportunidade de entrevistar dois dos velocistas brasileiros que mais admiro: Ken Hamada Sorgi e Guilherme Roth dos Santos.

A entrevista, produzida e dirigida pela minha amada Márcia Hack, está no vídeo abaixo. Mas, quero lhes chamar a atenção para alguns detalhes. Primeiramente, perdoem-me pelo nervosismo – resultado da proximidade com os ídolos. Cheguei ao cúmulo de dizer que o Ken iria nadar golfinho (0: 25) no revezamento 4 x 50m Livres – Dãããã! É óbvio que ele só poderia nadar crawl!

Prestem atenção ao que o Guilherme fala sobre o projeto de que participou na Unisul em Florianópolis/ SC (1: 10). Lamento que tenha acabado, pois penso ser este o melhor sistema para se alcançar o sucesso tanto na formação acadêmica quanto no desenvolvimento esportivo do país. Raciocino com base nos grandes atletas norte-americanos, quase todos (senão todos) formados dessa maneira.

Reparem a descontração e a amizade dos dois nadadores ao mencionarem a “dança das cadeiras” (3: 25). Se alguém se interessar pela minha opinião, devo dizer que este é o único motivo pelo qual não abandono, acredito e insisto no esporte – a mais importante forma de se obter saúde e de se construir relacionamentos sadios entre os homens.

Quero pedir desculpas ao grande André Pereira por não tê-lo convidado para participar do nosso papo. Ele estava sentado quase ao nosso lado, e este estúpido entrevistador não percebeu. Mas o site está aberto para ele e tenho certeza de que não faltarão oportunidades.

Atentem para a belíssima mensagem que o Ken e o Guilherme deixam no final do filme (5: 15). Mais uma vez, agradeço aos dois pelo privilégio que me deram, e desejo-lhes sucesso no Troféu José Finkel e em todas as disputas de que venham a participar.

Abaixo, o Guilherme, na raia 7, se preparando para abrir o revezamento.

 

Do outro lado da piscina, observem o Lili Alloyds querendo convencer o Ken de que o abrigo de zebrinha saiu de moda, e tentando lhe vender um de oncinha… O Ken, com as mãos nas cadeiras, recusou veementemente! “Não quero! Não quero! Não quero!” Misericórdia!

 

Por fim, o Andrezão (aguardando a batida do Gabi) resolveu se mandar antes que o Lili começasse a oferecer a bermuda de pantera!

  

E, conforme eu prometi no final da entrevista, aí está o vídeo do revezamento 4 x 50m Livres. A equipe unionista foi composta por Guilherme Roth, Ken Sorgi, Gabriel Cury e André Pereira. A trilha sonora é “Bad Romance” também executada pelo Gláucio Christelo.

Deixo aqui os meus sinceros parabéns a todos os nadadores (e seus treinadores) que venceram o final de semana mais frio do ano e se superaram caindo nas águas da Quintino. Cumprimento, ainda, as organizações dos nove clubes que participaram do campeonato e torço para que continuem acreditando e investindo no esporte. Também parabenizo a FGDA pela impecável condução das provas.

Que o bom e grande Deus continue nos abençoando e protegendo!

Abraços pra quem for de abraço e beijos pra quem for de beijo!

Juarez Lucas